Três Pontos Fundamentais

Um engenheiro de software para ter sucesso em sua profissão precisa de conhecimento em três áreas.

Além desses conhecimentos é necessário que o engenheiro de software fique atento a três pontos fundamentais. São eles:

Primeiro ponto: A definição do software sempre está relacionada à implantação de outro artefato(s), que eventualmente pode ainda não estar implantado ou terminado. Em muitas situações, onde os artefatos hospedeiros ainda estão sendo desenhados, os conceitos de engenharia concorrente (veja aqui em Português) precisam ser utilizados. Ou seja, o processo de construção de um artefato tem um paralelismo com o processo de construção de outro. Para definir-se um software, seria o ideal que o artefato hospedeiro estivesse “pronto”, mas muitas vezes isso pode não ocorrer. Esse primeiro ponto tem como fonte principal o artigo da Professora Mary Lou Maher, “Process Models for Design Synthesis”.

Segundo ponto. Diferentes interessados (atores) do Universo de Informações podem ter opiniões diferentes sobre constituintes ou componentes do Universo de Informações. Portanto o processo de engenharia de requisitos, que construirá a definição do software, tem que entender que podem existir diferentes opiniões e lidar com esse fato. Diferentes pontos de vista podem ser conflitantes e precisam ser mapeados e discutidos. Esse processo pode necessitar de atividades de negociação entre os interessados. Um ponto positivo em mapear diferentes pontos de vista é que o processo de resolução de conflitos aumenta o conhecimento sobre o Universo de Informações. Veja o artigo “Viewpoints on Viewpoints”. Se tiver mais interesse no tópico, veja um sítio dedicado ao tema.

Terceiro ponto. Os desenvolvedores de software podem escolher qual o conjunto de métodos, técnicas e ferramentas (MTFs) querem utilizar no processo de produção. A seleção de um conjunto de MTF´s, deve depender do contexto. Não existem MTF´s que sejam unanimidade, portanto essa variedade é presente nos processos de produção e dependem, como dito, do universo de informações. O conceito de perspectiva está diretamente ligado a este ponto. A escolha de MTFs embutem a escolha de como, o software será modelado, isto é sob qual perspectiva. Uma perspectiva impõe restrições sobre o que pode ser modelado e com que ênfase. Uma modelagem orientada a dados, impõe uma perspectiva distinta de uma modelagem orientada a processos.
…………

Leia sobre Sistemas de Informação.

Veja a página do autor.

Uma resposta to “Três Pontos Fundamentais”

  1. Aula 6 « Princípios de Engenharia de Software Says:

    […] trackback Nesta aula vimos uma descrição do Sistema de Desenvolvimento de Software e falamos de três pontos fundamentais sobre o trabalho do engenheiro de […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: