V&V

V&V é uma sigla bastante utilizada em engenharia. Refere-se a procedimentos de garantia de qualidade. Esses procedimentos são de dois tipos distintos: verificação e validação.

Em Engenharia de Software foi Barry Boehm quem procurou definir V&V. Verificação ele associou ao texto “Are we building the product right?” e para validação ele usou o texto “Are we building the right product?”.

Saber distinguir que estratégias usamos para garantir qualidade de produtos de software passa por entender a diferença entre esses dois conceitos. Por diversas razões, a literatura de engenharia de software costuma confundir os leitores e usa os dois conceitos de maneira pouco cuidadosa.

A diferença é importante porque, de modo geral o processo de produção de software, prioriza a validação através de testes e deixa de investir em verificação. A verificação está relacionada ao conceito de consistência enquanto a validação está associada ao conceito de coerência.

A verificação pode ser feita no domínio da engenharia de software, mas a validação requer a participação de clientes, afinal são deles as expectativas que o software deve atender.

Abaixo vai uma Figura que uso para tentar explicar a diferença entre esses conceitos. Voltarei a esse tema no futuro.

V&V

8 Respostas to “V&V”

  1. Aula 16 « Princípios de Engenharia de Software Says:

    […] Procurei demonstrar através de exemplos que existe uma diferença entre verificação e validação. […]

  2. Sylvana Says:

    A explicação sobre os 2 conceitos foi bastante simples e esclarecedora.

  3. Aula 9 « Princípios de Engenharia de Software Says:

    […] V&V, […]

  4. Inspeção « Engenharia de Requisitos (INF 1377) Says:

    […] inspeção é classificada como uma técnica de verificação e faz parte do sub-processo ANALISAR da engenharia de […]

  5. Aula VIII | Princípios de Engenharia de Software Says:

    […] Nessa aula enfatizamos a regra 2 de disciplina.  A cada sentença que escrevemos devemos ter certeza que ela produzirá o esperado (assertiva de saída – o X do ETVX), em função do estado anterior (assertiva de entrada – o E do ETVX).  Veja que o V de ETVX pode ser levado adiante quer pela verificação ou pela validação. […]

  6. Décima Semana | Engenharia de Requisitos (INF 1377) Says:

    […] Falamos também sobre as questões da prova, enfatizando a diferença entre elicitação orientada a modelo e elicitação descompromissada.  Voltei a lembrar quando falamos sobre qualidade, da importância da diferença entre verificação e validação. […]

  7. Sexta Semana | Engenharia de Requisitos (INF2131) Says:

    […] aula fizemos uma revisão do que havia sido lido, focamos no papel de V&V na engenharia de requisitos, falamos novamente (desculpa a repetição) nos truques de Becker, […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: