Lembram do “bug” do ano 2000?

Pois bem.  Eu geralmente falo do problema do ano 2000 em sala de aula.  Esse ano, perguntei aos alunos, alunos do quarto ano de Engenharia de Computação, se sabiam o sobre esse problema.

Incrível!  Nunca tinham ouvido falar.  Eu contei do que se tratava e logo depois fui procurar no google um endereço que, me lembro,  chamou-me muita atenção no final de 1999.  Tratava-se de uma página no Vassar College. Nela, os alunos obtinham uma série de informações sobre os possívies problemas que ocorreriam na virada do século.  Instruções para terem dinheiro vivo, lanternas, comida entre outros, passavam uma visão catastrófica do problema do ano 2000. 

Não consegui achar a tal página.  O que achei foi uma página na NC State que tinha uma série de elos para páginas sobre o tema.  Curiosamente procurei ver as páginas, que já tinha visitado em 1999, do conselho especial da presidência dos estados unidos e do senado americano sobre o tema.  Amazing:  as páginas não estavam lá!

Resolvi então, mandar uma mensagem para o Prof. Finkelstein, um dos poucos que, na época, via o outro lado do problema. Em minha mensagem  comentava que os alunos não sabiam do problema do ano 2000 e sobre o incrível fato de que as páginas supra-citadas não estarem mais disponívies.  Ele  lembrou-me que poderia achá-las na way back machine, que pretende ser uma espécie de arquivo morto da rede.

Enfim ….

Vou voltar a esse tema.

P.S.  Incrível!!  Ao escrever essa nota, esqueci de colocar um ponteiro importante, nosso trabalho na PUC-Rio sobre os problemas do ano 2000.  Vejam a página feita, na época, em conjunto com o Dr. Ulf Bergmann.  Creio que ali pode-se ter uma boa idéia do que era o tal problema.  Ao contrário de outros lugares, a PUC-Rio, manteve a página original.  Depois eu comento sobre o que está descrito lá.

(08/07): Só agora li a Wikipedia sobre o Y2K (em Inglês).  Recomendo a leitura.  Têm vários elos interessantes.  A página em Português é fraca.

Uma resposta to “Lembram do “bug” do ano 2000?”

  1. Amazing » Blog Archive » Transparência: Desafios para a Engenharia de Software Says:

    […] Veja por exemplo o caso de celulares. Será que o software que está embutido no aparelho tem controle sobre os níveis de radiação a que estamos expostos? Segundo pesquisa na rede, fale-se que o FCC (Estados Unidos) obriga a que os celulares daquele país tenham circuitos do tipo GPS, ou seja, possam emitir sua exata posição (na verdade o tema do artigo relaciona-se a outro tema (o bug do ano 2000)). Não seria interessante que o usuário soubesse como o software do celular (cliente e servidor) está tratando essa informação? […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: